sábado, 2 de outubro de 2010

Final de semana... E agora?

Finalmente chega o tão aguardado final de semana. Hora de rever o parceiro(a), ficarem juntinhos, conversarem sobre a semana e passar um tempo à dois, ou pra quem mora junto, hora de sair da toca e fazer alguma coisa diferente. Mas e quando o final de semana também vira rotina?

Sabe quando você se dá conta de que não faz outra coisa com a pessoa amada que não seja as mesmas coisas de sempre? Chega o final de semana e vocês vão fazer o que? “Humm... que tal comer fora?” Aí você pensa: “De novo?!”  Claro que não tenho nada contra sair para jantar, aliás adoro a companhia do meu companheiro, mas estava conversando com uma amiga certa vez, e ambas chegamos a conclusão de que depois que os anos passaram, os finais de semana de nossos relacionamentos se resumem a sair pra comer, rs. Parece que chega um momento em que as pizzarias já aguardam nossa presença e que a atendente do Mc Donnald´s já sabe nosso pedido.

Vamos listar as opções mais freqüentes de entretenimento no final de semana dos casais:

*Comer fora*
Não importa onde, a hora e nem o que, pode ser um barzinho, um boteco, o boliche, um local com boa música, aconchegante ou mais badalado, pode chamar do que quiser, mas se está com fome e lá vende alguma coisa comestível (ou bebível), a opção se chama comer fora!



*Cinema*
O cinema muitas vezes consiste em passar por volta de 2 horas assistindo o filme e algum tempo anterior batendo perna no shopping (podemos incluir nesse item também o “comer fora”, rs). Nisso o programinha já rendeu boas horas do final de semana e você pode dormir com a consciência tranqüila de ter feito algo com seu amor.



*Ficar em casa*
O mais prático de todas as opções, e com a vantagem de poder fazer tudo de uma só vez! Que tal ficar em casa assistindo um filminho e comendo alguma coisa? Parece ótimo (e muitas vezes é ótimo mesmo) mas depois de um tempo essa soma fica assim:

Ficar em casa + Assistindo filme + Comendo porcarias + Anos de relacionamento (Bônus) = pé no saco!



Mas existe alternativa de diversão para casais hoje em dia?

Num país onde a diversão muitas vezes se resume em baladas e festas, com toda aquela bebida e pegação, muitos casais se sentem oprimidos e intimidados e recusam a levar seus parceiros a lugares como estes, pois já que se tem alguém, freqüentar lugares assim já não é mais preciso, certo?

Pode ser. Depende muito do casal, pois se for pra chegar numa boate e um dos dois ficar encanado com o “cara que tá te olhando” ou a “moça que esbarrou em você”, é melhor nem irem. O bacana é encarar um lugar desses como se vocês não se conhecessem, como se estivessem lá pra curtir um ao outro, dançarem até se acabar, podendo admirar como ele continua sedutor ou como ela está bonita. Buscar aquele casal do início do relacionamento é sensacional, deixando aflorar todo aquele charme conquistador e irresistível que foi empenhado para seduzir aquela pessoa. E depois que seduziu? Acabou?

Claro que não! O amor é como uma grande chama (é uma metáfora batida mas expressa muito bem como o negócio funciona). Ela te aquece, te faz bem, te conforta, mas de tempos em tempos chegam tempestades que podem apagá-la ou deixá-la mais fraca, por isso é preciso mantê-la acesa, e só nós mesmos podemos fazer isso. Se apenas um integrante do casal permanece colocando a lenha, logo a pessoa se cansará e o esforço pode ser em vão. Num relacionamento forte os dois devem cuidar para que ela não se apague.

E o que isso tem a ver com os finais de semana? Tudo! Que tal um final de semana diferente?
Vão sair pra comer? Que tal um restaurante totalmente novo? Um barzinho novo? Uma boate nova? Já comeram açaí? Crepe? Pastel pra dois?
Vão ao cinema? Que tal pegar a última sessão de um filme que nenhum dos dois pensou em ver?
Vão ficar em casa juntinhos? Que tal transferir esse clima a dois pra uma tarde em um hotel/motel? Por que não dão uma caminhada num parque? Tomam um banho juntos? Jogam cartas ou games? Descobrem uma posição nova no sexo?

Quando se é feliz ao lado da pessoa amada, qualquer lugar é ideal pra se acender uma fogueira.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Me ajudem a melhorar sempre! COMENTEM! ;D